Domingo, 28 de Junho de 2009

O que ocorre no Alzheimer?

Já ouviram falar disso? Estou certo que sim. Porém, ninguém tem idéia do que é realmente a Doença de Alzheimer. Todos acham que é a caduquice dos velhos. A falta de memória dos idosos. Que é quando os avós estão ficando esclerosados etc e tals.

 

Mas e a fisiopatologia da Doença? Bem... vamos tentar entender hoje.

 

No Sistema Nervoso Central (SNC), lá no cérebro humano, existem as famosas células nervosas, conhecidas como neurônios. Estes senhores distintos conversam entre si através de recados, entregues pelo correio cerebral, as substâncias químicas chamadas de neurotransmissores (sinalização celular). Acontece que, em alguns casos específicos, esses neurotransmissores entram em greve (já vi isso em algum lugar), portanto, a comunicação entre um neurônio e outro fica extremamente prejudicada.

 

Transmissão Sináptica

 

Ninguém sabe ao certo, o que causa a Doença de Alzheimer, muitos grupos de pesquisa no mundo vem trabalhando para descobrir o seu agente causal. A hipótese mais aceita, é a hipótese colinérgica, que diz que os sintomas se instalam em decorrência da perda da funcionalidade do sistema colinérgico. O neurotransmissor deste sistema, é a acetilcolina, uma substância excitatória e, os seus receptores são os nicotínicos e os muscarínicos. Um neurônio secreta seus neurotransmissores, que são captados por outro neurônio na sequência, que transmite a mesma informação para outro e assim vai. A Hipótese Colinérgica é a mais aceita pra explicar o Alzheimer, pelo fato de que se observou que nos cérebros das pessoas afetadas pela doença, esse sistema era o mais comprometido, entretanto, outros sistemas também sofrem alterações.

 

Sabemos por enquanto, que dois fatores são os responsáveis pela queda nos níveis de acetilcolina: A deposição de emaranhados neurofibrilares e, o acúmulo de oligômeros do peptídeo β-Amilóide.

 

Os emaranhados neurofibrilares são causados pela hiperfosforilação da proteína TAU. Dentro do neurônio, as vesículas cheias de acetilcolina, que são como cartas levando os recados, deslocam-se através do citoesqueleto celular, deslizando pelos microtúbulos, que são estruturas como trilhos de trêm, responsáveis por levar e trazer essas vesículas. Acontece que esses trilhos precisam estar bem enfileirados e arrumados para não atrapalhar o trajeto. Essa tal de proteína TAU deveria ficar associada aos microtúbulos na santa paz, mas ela começa a se desarranjar, perder a sua boa forma, e ao invéz de trilhos de trêm os microtúbulos ficam parecendo novêlos de lã. Já deu pra notar que se os trilhos ficam desarranjados, o trêm fica com muita dificuldade para chegar ao seu destino, isso reduz bastante a quantidade de acetilcolina viável para ser transmitida ao próximo neurônio.

 

 

Se já não bastasse isso, ainda há o acúmulo de β-Amilóide na membrana pré-sináptica do neurônio. Esse peptídeo é derivado de uma outra proteína e não deveria se acumular dessa forma. Imagine se você e seus amigos mergulham na piscina e na hora de subir pra respirar, a superfície da água está cheia de cimento endurecido, apenas as pessoas que conseguirem achar algum buraco vão conseguir sair da piscina. A β-Amilóide, forma uma espécie de cimento na membrana, reduzindo a quantidade de acetilcolina que é liberada.

 

Rezumindo, você mada 10 cartas pro seu amorzinho, as estradas que levam o carro do correio estão com tantos buracos, que vários deles quebram a suspensão e estouram os pneus. Fora isso, nos bairros existem muitos cachorros bravos que impedem os carteiros de passar. Quantas cartas você acha que chegarão ao seu destino? Ao menos umas 7 acabarão sendo extraviadas. Com a perda de estímulos excitatórios dos neurotransmissores, o indivíduo acaba desenvolvendo toda a sintomatologia característica, e dizemos que ele está com Doença de Alzheimer.

 

Existem outros processos associados a Doença, que outro dia eu explico. Monitor está doendo os olhos.

 

Onsli, beijão pra você!!!

 

Obs: Mal de Alzheimer é um termo antigo, obsoleto, antiético e feio pra caramba. Imagina se alguém da sua família fica doente e você recebe a notícia que ele está com Mal de qualquer coisa. Nem precisa saber o que é, a primeira pergunta que se faz é: “Quanto tempo ele tem?”.

 

Como o Sapo estava ao postar: Dor de cabeça
O que o Sapo pensava enquanto postava: Preciso terminar meu relatório
Publicado pelo Sapo mesmo: Sapo às 21:44
Endereço deste artigo do Sapo | Comentar sobre esse artigo do Sapo | Ver comentários sobre esse artigo do Sapo (2) | Adicionar este artigo (do Sapo) aos favoritos
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

Sinapse Química Vs Sinapse Elétrica

Talvez muita gente já tenha ouvido a palavra "sinapse", e alguns até a usam sem saber realmente o que significa; mas como todo bom farmacologista que se preza, também é um exímio fisiologista, vou dizer às diferenças, da minha maneira é claro, uma forma enxugada para quem não é da área possa entender; aproveitando para responder a pergunta de um antigo hum... (não lembro o nick), fulano de tal que perguntou no Yahoo à algum tempo (se buscar nos meus arquivos, garanto que acho a pergunta original).

 

Sinapse: Basicamente, sinapse é a apenas o ponto de união entre duas células; aquele espaçozinho que existe entre as membranas (sim, há um espaço entre as membranas de duas células, e existe muita coisa neles). As sinapses, servem como meio de comunicação entre as células e é através delas que o potencial de ação (impulso elétrico que leva uma informação) é transmitido. Elas podem ser de dois tipos: 

Sinapse Química

Sinapse química: O potencial de ação é transmitido através de proteínas especiais chamadas de neurotransmissores. Os neurotransmissores saem de uma célula (célula pré-sináptica), caem em um espaço (fenda sináptica) e interagem com a próxima célula (célula pós-sináptica), dessa forma a informação é repassada. Esse tipo de sinapse é encontrada em todo o sistema nervoso, é a forma com que os neurônios se comunicam, através de substâncias químicas.

Sinapse elétrica: Nesse tipo, as células estão praticamente coladas e existe uma abertura, como um canal, que une as membranas; esses canais são chamados de junções comunicantes. O potencial de ação corre diretamente de uma membrana para outra, sem precisar do auxílio de mediadores químicos. Essa é a sinapse utilizada pelos músculos, inclusive o próprio coração utiliza-se da incrível velocidade proporcionada pelas juncões, para fazer com que todas as fibras contraiam ao mesmo tempo de modo ritmado.

Por alto, é só isso. Entender a fisiologia básica das sinapses não é complicado; mas a complexidade do trabalho realizado ali, é muito maior do que o descrito aqui. Quem quiser ter uma idéia melhor e de quebra saber como o músculo contrai e relaxa, é só clicar aqui. Quem tiver alguma dúvida quanto aos termos ou a mecânica da coisa, é só perguntar. 

Como o Sapo estava ao postar: Com calor
O que o Sapo pensava enquanto postava: Que calor!
Publicado pelo Sapo mesmo: Sapo às 12:07
Endereço deste artigo do Sapo | Comentar sobre esse artigo do Sapo | Ver comentários sobre esse artigo do Sapo (40) | Adicionar este artigo (do Sapo) aos favoritos
 O que é? |  O que é?

Olhos do Sapo

pessoas já visitaram a página do Sapo.

Pesquise no blog do Sapo

 

Fale com o Sapo


e-mail
E-mail do Sapo

MSN do Sapo

Orkut do Sapo

Facebook do Sapo

Twitter do Sapo

Categorias dos artigos do Sapo

Biomédicas (21)

Downloads (4)

Magic (8)

Jogos (6)

Politicagem (3)

Zoeira (9)

Últimos artigos do Sapo

O que ocorre no Alzheimer...

Sinapse Química Vs Sinaps...

Últimos comentários no Sapo

Achei muito legal mas também preciso de informaçõe...
Melhor explicação!!! Agora entendei a diferença!!
ME DEIXA CLICKAR SEU FILHA DE UMA PUITA SEU BOT FU...
seu fudido de merda
Vai tomar no cu vou te comer sapo filha da puta.~c...
Muito obrigada, me ajudou muito!!!
Você é 10 !!! Simplesmente sem palavras pra agrade...
O jeito que explica é maravilhoso!Super fácil de a...
Transmitir os sentimentos nas palavras, é algo de ...

Links do Sapo

Arquivos do Sapo

Julho 2010

Maio 2010

Março 2010

Setembro 2009

Junho 2009

Março 2009

Setembro 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Dicionário do Sapo

Artigos do Sapo mais comentados

Free Domain

Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
28
29
30
31


Clique no bolso do Sapo

Referências do Sapo

todas as tags